Home / Destaques / Alunos do Colégio Novo Horizonte se destacam nas atividades extracurriculares

Alunos do Colégio Novo Horizonte se destacam nas atividades extracurriculares

Alunos apresentam peça "O Jardim".

Alunos apresentam peça “O Jardim”.

Mais do que um passatempo, as atividades extracurriculares auxiliam os alunos a desenvolverem habilidades que as vezes não são desenvolvidas na sala de aula e trazem diversos benefícios imediatos e futuros para crianças, abrindo um mundo de possibilidades para elas.

Além de complementar o ensino com os aprendizados que não são obrigatórios na grade curricular das escolas, fazer uma atividade extracurricular é essencial para o desenvolvimento de habilidades cognitivas, motoras e afetivas das crianças. Elas também proporcionam autonomia aos estudantes de maneira indireta, porque eles devem escolher e se dedicar às atividades com base em seus próprios interesses e aptidões.

Para que a experiência de aprendizagem seja ainda mais completa e funcional, ela precisa gerar prazer e engajamento. Quando a escola consegue fazer com que o ensino desperte motivação nos alunos e famílias por meio de atividades complementares, ela desenvolve uma experiência muito mais proveitosa, além de estabelecer um diferencial sólido.

E foi isso que o Colégio Novo Horizonte, um dos principais colégios de São Miguel Paulista, que há 43 anos atua na zona leste de São Paulo, promoveu na manhã do último sábado (16/06), em sua sede. O evento, muito concorrido, contou com a presença dos pais e familiares que se encantaram com as apresentações de ballet, percussão, capoeira, voz e violão, além de uma peça teatral, com o tema “O Jardim”, onde a criação foi coletiva: roteiro, figurino, cenário, tudo preparado pelos animados e criativos alunos, coordenados pelo corpo docente da escola.

Em todas as apresentações, foram os próprios alunos, conforme os seus interesses e aptidões, que escolheram as atividades, e esse é um dos objetivos do Colégio Novo Horizonte, proporcionar mais autonomia aos estudantes, que deixam de ser simples receptores de conteúdos e tornam-se cada vez mais responsáveis pelo desenvolvimento da própria aprendizagem.

Bailarinas

Plateia

Flauta Violão

Scroll To Top